Praias nos rios Araguaia e Tocantins garantem diversão na alta temporada

23/03/2016 - Maria José Batista/Governo do Tocantins

O Tocantins é banhado por dois dos maiores rios brasileiros, que são o Tocantins e o Araguaia, seu afluente. Cada um banha o Estado de um lado e os dois se encontram no extremo norte, região denominada como Bico do Papagaio. Mas, o Estado possui outros rios – como o Manuel Alves, o Manuel Alves Grande, Sono, Javaés – que são muito significativos tanto para o agronegócio quanto para o turismo, seja nas práticas de esportes aquáticos, na pesca esportiva ou ainda para simplesmente aproveitar o sol e o calor nos meses de estiagem.

Nessa época, que vai de maio a outubro ou, dependendo das variações climáticas, de abril a setembro, as águas baixam e expõem grandes bancos de areia branca e fina, praias fluviais que tanto podem ser localizadas em ilhas ou às margens dos rios. Nas férias de julho, muitas delas recebem estruturas de atendimento aos visitantes, com barracas de acampamento, bares, restaurantes, quadras esportivas e palcos para apresentações artísticas. Toda a estrutura com energia elétrica, banheiros e água tratada, sendo supervisionada pelo Corpo de Bombeiros e pela Vigilância Sanitária.

Quem preferir uma ilha para chamar de sua pode de preparar para acampar em uma das inúmeras que aparecem nos rios com a chegada da estiagem. A visita pode começar por Palmas, onde as praias mais frequentadas são as do Prata, da Graciosa, das Arnos e do Caju. Nos municípios do interior, se destacam a Praia da Gaivota, em Araguacema; da Tartaruga, em Peixe; Porto Real, em Porto Nacional; Ilha Verde, em Lajeado; do Sono, em Pedro Afonso; Mirassol, em Miracema; de Lagoa da Confusão, no município de mesmo nome; da Ilha Grande, em Araguanã; do Escapole e do Murici, em Xambioá; da Fofoca, em Pau D’Arco, e muitas outras em diversos municípios e rios.

Vale dos Grandes Rios

A região está situada no norte do Estado, entre dois dos maiores rios do Brasil, o Tocantins e o Araguaia, e é formada pelos municípios de Araguaína, Babaçulândia, Filadélfia, Itacajá, Pau D’Arco e Wanderlândia.

 - Araguaína - Distante de Palmas a 385 quilômetros pela BR-153, Araguaína é banhada pelos afluentes do Tocantins e se destaca pela economia forte baseada no agronegócio. A cidade tem um comércio pujante e conta com restaurantes e churrascarias de boa qualidade, um balneário e no seu entorno, cachoeiras que podem ser visitadas durante todo o ano. Nos meses de estiagem – maio a outubro - há praias de água doce próximas e de fácil acesso, como as do Urubu, dos Porcos e do Genésio.

 - Babaçulândia – está a 60 quilômetros de Araguaína e a 436 de Palmas, à margem de um lago formado pelo Rio Tocantins, com praias permanentes e bons hotéis.

- Filadélfia – cidade bucólica com cerca de 10 mil habitantes, está à margem direita do Rio Tocantins e além de banhos de cachoeira durante todo o ano, oferece a Praia do Coqueiro, na estiagem, com estrutura de atendimento ao visitante na alta temporada no mês de julho.

- Itacajá – é onde está localizada a reserva indígena da etnia Krahô. Em julho, acontece o Rally das Águas, descendo o Rio Manoel Alves, e a alta temporada na Praia da Orla. Também é em julho que se realiza a tradicional cavalgada que envolve centenas de cavaleiros e comitivas de municípios vizinhos.

- Pau D’Arco - o nome deriva de uma árvore que é abundante na região e tem propriedades medicinais, também conhecida por ipê amarelo. Está à margem direita do Rio Araguaia, na divisa com o Pará. Seus principais atrativos são o lago da Vargem Limpa, a Praia da Fofoca e a capela da Serra do Avião. Pode-se praticar esportes radicais e náuticos e apreciar, da serra, a belíssima paisagem do Rio Araguaia.

- Wanderlândia – maior cidade nos arredores de Araguaína, tem cerca de 10 mil habitantes e oferece muitas opções em ecoturismo. Tem cerca de trinta cachoeiras e muitas grutas e cavernas, e o ponto mais visitado é a Serra de São Félix, com suas areias de quartzo e a formação de “marmitas”, buracos que sugerem um leito de rio e cachoeiras extintas.  

Compartilhe esta notícia