Trilha na Serra do Espírito Santo

Íngreme e considerada a trilha mais difícil da região, tem extensão de 34 km  até chegar ao mirante da serra, passando por grandes blocos de rochas arenosas cuja erosão, ao longo de 150 milhões de anos, deram origem às dunas do Jalapão.  A dificuldade da subida é recompensada pela vista esplendorosa da paisagem, especialmente do por do sol. A trilha tem trechos demarcados e alguns com cordas que servem de corrimão; é melhor fazer a subida bem cedo ou no fim de tarde, quando o sol já não está mais a pino e a temperatura cai um pouco, mas mesmo assim é importantíssimo se proteger com filtro solar, chapéu, óculos escuros e levar água suficiente para beber muitas vezes durante trajeto e é bom usar repelente pois tem muitos mosquitos. A descida também precisa de cuidados por causa da grande quantidade de pedras soltas e é bom que seja feita antes do anoitecer.

Como chegar: por estrada de terra saindo de Mateiros ou de São Félix