Parque Estadual do Lajeado

Como os outros parques estaduais existentes no Tocantins, o Parque Estadual do Lajeado, criado em 2001, também é voltado para a conservação ambiental. Seu principal objetivo é proteger a fauna e a flora da Serra do Lajeado, além de suas características geológicas e morfológicas, através da abertura para a realização de atividades acadêmicas, como palestras visando à educação ambiental e pesquisas para o desenvolvimento científico da região e de seu bioma característico. 

Numa área de aproximadamente 10 mil hectares, totalmente cercada, já foram catalogadas mais de 100 cachoeiras, 13 grutas e cavernas, sítios arqueológicos com pinturas rupestres, além de inúmeros brejos, córregos, nascentes e ribeirões. É de se destacar a importância da proteção dos mananciais que abastecem as localidades próximas, através de um trabalho de conscientização e educação para que as pessoas não degradem os recursos naturais existentes e para coibir a forte expansão urbana que tenta se fixar nas encostas da região. Em volta do Parque Estadual do Lajeado foi criada a APA (Área de Proteção Ambiental) da Serra do Lajeado, que abrange não só o próprio parque, mas também os municípios de Palmas, Lajeado e Aparecida do Rio Negro, a fim de melhor conservar seu bioma.